Weby shortcut

AVALIAÇÃO E CONTROLE DAS ÁREAS DEGRADADAS COM AREAIS NO SUDOESTE GOIANO

Por Lucas Carvalho Borges De lima Atualizado em 06/06/17 15:57.

A qualidade de vida está necessariamente vinculada ao uso econômico da terra para as populações que direta ou indiretamente a exploram. O conhecimento do potencial dos solos e das águas é a base para a viabilização dos processos produtivos da forma menos danosa ou até, eventualmente, não prejudicial ao meio ambiente. Na região, mensuraram-se diversos efeitos negativos, como manchas de areia desnuda (arenização - desertificação), assoreamento de corpos de água, erosão de vários tipos, perda da biodiversidade, frutos do uso predatório e inconseqüente da natureza como um todo e, particularmente, do solo e da água. O avanço das atividades agrícolas sobre a pequena área ainda sob vegetação nativa é inevitável dado o modelo medieval de agricultura praticado na maior porção desta classe de solo. Os programas de governo direcionados ao desenvolvimento do Centro-Oeste, por diversos motivos, não contemplaram essas áreas, consideradas, até meados da década de 1990, como marginais para o agronegócio. Além disso, quando utilizadas intensivamente, o foram de forma tecnicamente inadequadas. È o caso, por exemplo, de uma área, ao redor de 10.000 ha, explorada com cana-de-açúcar nas décadas de 1980-90, com danos visíveis na paisagem e muito difíceis de serem corrigidos. A pecuária extensiva e com quase nenhum compromisso técnico, seja por falta de recursos do produtor, seja por ignorância ou descaso, tem sido a tônica no uso dessas áreas. Isso está bem caracterizado na região do Douradinho, município de Serranópolis (GO). A pecuária na região, que antes ocupava expressivos chapadões argilosos, foi cedendo lugar às culturas do arroz (na fase incial de mecanização) , do milho e da soja. Neste sentido, a pecuária foi sendo empurrada para áreas de solos mais frágeis e marginais (SCOPEL, PEIXINHO; SOUSA, 2005). O conhecimento dos processos de degradação do uso do solo e de suas causas ainda não estão totalmente esclarecidos..

Related Files Size Archive Fingerprint
USO E MANEJO DE SOLOS ARENOSOS E RECUPERAÇÃO DE ÁREAS DEGRADADAS COM AREAIS NO SUDOESTE GOIANO 2891 Kb 3efb19d497a0f27ccbb4681c385ef6b8
Listar Todas Voltar